TVs disputam primeira entrevista com acusado de matar a jovem Eloá Pimentel

Segundo a defesa de Lindemberg, a decisão ainda não foi tomada e depende da aprovação dele

Quase um ano depois do sequestro que culminou na morte da garota Eloá Pimentel, emissoras de televisão disputam uma entrevista exclusiva com Lindemberg Alves Fernandes, acusado de cometer os crimes e atualmente preso em uma penitenciária de segurança máxima em Tremembé (a 147 km de São Paulo).

A informação é da coluna Outro Canal, assinada interinamente por Rodrigo Russo na Folha desta desta terça-feira.

Segundo a defesa de Lindemberg, a decisão ainda não foi tomada e depende da aprovação de seu cliente e da família do preso, além de autorização da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado.

A preferência, até o momento, é para o novo programa de Roberto Cabrini no SBT --que deve ir ao ar em novembro, sem data definida, e apostando em jornalismo investigativo.

A RedeTV! confirma que está negociando a entrevista com Lindemberg para o programa "Superpop", apresentado por Luciana Gimenez, mas diz que o formato em que será feita está sendo discutido.

O advogado de Lindemberg diz que as propostas não envolvem nenhum tipo de pagamento, e que, por garantir exclusividade à emissora escolhida, quer participar da formatação da entrevista --sem que haja nenhum tipo de censura a "perguntas jornalísticas".

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br