Um dia depois de solto, homem estuprou menina em ônibus

Um dia depois de solto, homem estuprou menina em ônibus

Paulo Roberto da Silva, de 43 anos, foi preso em flagrante quando tentava assaltar duas jovens, dentro de um ônibus.

Foi preso no Rio de Janeiro o homem suspeito de estuprar uma menina de 12 anos, dentro de um ônibus, na zona sul da cidade. O bandido tinha outras passagens pela polícia. Chegou a cumprir pena num presídio do estado, mas saiu da cadeia depois de receber liberdade condicional.

Paulo Roberto da Silva, de 43 anos, foi preso em flagrante quando tentava assaltar duas jovens, dentro de um ônibus na zona sul da cidade. O motorista viu o criminoso e decidiu reagir.

“Eu tive que ser agressivo com ele ai ele devolveu o dinheiro a ela, foi na hora que ele tentou correr ai eu segurei, ele pela camisa, a camisa dele se rasgou e o cobrador agarrou ele na roleta. O crime mais bárbaro aconteceu há 11 dias, também dentro de um ônibus. Nas imagens do circuito interno, é possível ver uma mancha escura no braço direito dele. Paulo Roberto tem uma tatuagem no braço com o nome "Márcia".

Segundo a polícia, ele obrigou uma menina de 12 anos a ir para a parte de trás do ônibus e a estuprou. Paulo Roberto tem sete passagens pela polícia: uma por homicídio, cinco por roubo e uma por motim. Ele cumpriu pena durante oito anos num presídio no Rio. Mas no dia 14 de fevereiro recebeu o benefício da liberdade condicional.

Segundo a polícia, um dia depois de solto, ele estuprou a menina. “Em dez dias depois da soltura dele ele já foi reconhecido aqui na delegacia por três fatos: um por estupro, roubo e pelo roubo de ontem, relógio da menina que reconheceu e pelo fato de hoje”, Fabio Barucke, delegado.

Fonte: Globo