Foragido, um dos maiores ladrões de banco da década de 90 está preso

Criminoso Carlos Augusto Santos de Souza é conhecido como Prego

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) do Rio de Janeiro prenderam na sexta-feira um homem de 45 anos apontado como um dos maiores ladrões de banco da década de 90. Carlos Augusto Santos de Souza, conhecido como Prego, estava foragido há 14 anos.

Segundo o delegado Márcio Braga, o criminoso foi capturado em seu trabalho na estrada Belford Roxo, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Contra Prego existiam seis mandados de prisão por roubos e homicídio.

Fonte: Terra