Universitária de 18 anos baleada em SP morre após quatro dias internada

Isabela foi baleada na cabeça, por volta das 20h de terça-feira, na altura do quilômetro 215 da rodovia Presidente Dutra

A estudante universitária Isabela Pavani Castilho, 18 anos, que foi baleada na cabeça na rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos (SP), na noite de terça-feira (29), morreu na madrugada deste sábado.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital Nipo-Brasileiro, onde a jovem estava internada, a morte cerebral da garota foi constatada às 2h48, após a realização de todos os exames protocolares. Segundo o hospital, a família da garota autorizou a doação dos órgãos de Isabela.

Universitária é baleada na rodovia Presidente Dutra

Isabela foi baleada na cabeça, por volta das 20h de terça-feira, na altura do quilômetro 215 da rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo.

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Cristiano Razeck, os bandidos atingiram o carro da vítima, um Hyundai X35 blindado, na traseira. A garota então desceu do carro, pensando se tratar de um acidente, quando foi abordada.

A polícia ainda não sabe apontar a razão, mas dois disparos foram efetuados contra a garota. Um deles atingiu a universitária na cabeça.

Ao chegar ao local, os policiais não encontraram os assaltantes na região. A garota foi socorrida e encaminhada ao hospital Nipo-Brasileiro, na zona norte de São Paulo. Segundo o hospital, ela seguirá em observação por 48 horas, na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Seu estado de saúde é gravíssimo.

O caso está sendo investigado pela delegacia de Vila Galvão, em Guarulhos.

Fonte: Terra