Universitária morre após tiroteio entre polícia e assaltantes no CE

Jovem foi baleada na noite de terça e morreu nesta sexta, dia 17.

Uma universitária identificada como Shyslane Nunes de Sousa, de apenas 24 anos, que foi internada após ser baleada durante tiroteio enrte assaltantes e Polícia Militar na noite de terça-feira em Maracanaú, em Fortaleza, no Ceará, não resistiu e morreu nesta sexta-feira, dia 17.

A estudante chegava em casa por volta de 23h30 de terça-feira (14) quando foi alvejada por três tiros, durante tiroteio entre assaltantes e policiais. Fedrida,  foi socorrida e encaminhada  em estado grave para o hospital Instituto Dr. José Frota (IJF), onde estava internada. Ela perdeu muito sangue e a família chegou a fazer campanha para conseguir doações. 

 Shyslane Nunes de Sousa
Shyslane Nunes de Sousa

O delegado Aurélio de Araújo, 14º Distrito Policial, em Maracanaú, falou sobre o caso. "Segundo o flagrante que foi lavrado na Delegacia Metropolitana, os PMs tomaram conhecimento de que um casal estava praticando assalto em uma moto e se deparam com a dupla entre as ruas 13 e 10. O adolescente estava na motocicleta dando cobertura, e a mulher tirando os pertences da vítima. Na troca de tiros, ela ficou no fogo cruzado", disse. 

Segundo o delegado, a investigação deve apontar de onde partiu o tiro que vitimou a estudante de gastronomia. "Se for de revólver calibre 32, foi o assaltante. Se for de calibre ponto 40, então foi a PM. Os policiais disseram que foi o assaltante que acertou a vítima. Vamos pedir exame residuográfico", informou. 



Fonte: Com informações do G1-CE
logomarca do portal meionorte..com