Universitária não teria sido morta e degolada por motivação política

"Lore era alegre e sorridente. A faculdade era tudo para ela”, disse o ex-chefe.

A jovem Lore Santana Vaz, de 26 anos, era ?uma pessoa alegre, sorridente? e considerava a faculdade de administração de empresas ?tudo para ela?. Foi assim que Nice do Restaurante, candidata à vereadora em São Caetano (ABC Paulista), descreveu a universitária encontrada degolada dentro do carro, no último dia 13. Lore trabalhava no gabinete eleitoral de Nice para as eleições de 2012.


Universitária não teria sido morta e degolada por motivação política

Segundo a candidata à vereadora, no último dia 13 deste mês, Lore trabalhou normalmente antes de ir à universidade. Acompanhou Nice do Restaurante em reuniões e na distribuição de panfletos da campanha eleitoral. Segundo ela, Lore parecia estar ?normal?, não demonstrava ?nenhum tipo de tristeza?, e, tampouco, deu sinal de passava por algum problema.

? Ela era uma pessoa alegre, sorridente. A faculdade era tudo para ela. E o filho também.

Nice do Restaurante prestou depoimento à polícia, na tarde de segunda-feira (17). Na saída, ela conversou brevemente com os jornalistas e também disse acreditar que o crime ?não tenha motivação política?.

? Não tem motivação política. Eu não sei o que estava acontecendo com ela. [...] Eu vim aqui para responder para a polícia as mesmas perguntas que vocês [jornalistas] estão fazendo.

A polícia de Santo André trabalha com a hipótese de que a morte da universitária Lore Santana Vaz tenha motivação financeira.

A equipe de investigadores quer saber se, além de dívidas com o cartão de crédito, a jovem tinha débitos com agiotas, por exemplo. Também não está descartada a possibilidade de que o crime tenha acontecido após uma tentativa de sequestrou ou por razão passional.

Até a tarde de segunda-feira, a polícia ouviu o ex-marido, o atual namorado e a chefe de Lore.

Fonte: R7, www.r7.com