Universitário morre após agressão em festa de boate

Caso aconteceu durante a madrugada, em Campinas.

Um estudante de veterinária de 21 anos morreu na madrugada deste sábado (26) durante uma festa em uma boate em Campinas, a 93 km de São Paulo, e após esperar cerca de 40 minutos pelo socorro médico.

O corpo do jovem foi enterrado na tarde deste sábado em Cosmópolis, cidade a 135 km de São Paulo onde mora a família dele. Os amigos do estudante disseram que ele morreu após uma briga na boate, onde teria sido agredido por várias pessoas. No boletim de ocorrência, no entanto, há o registro de que o estudante teria tido uma intoxicação.

O Samu foi chamado, mas, quando a ambulância chegou, o estudante já estaria morto na calçada em frente à casa noturna. Amigos do jovem disseram que o socorro demorou 40 minutos para chegar e que não havia equipamento de UTI. Foi necessário aguardar outra ambulância para que o estudante fosse levado para o Hospital de Clínicas da Unicamp.

O coordenador do Samu de Campinas, José Roberto Hansen, confirmou que houve a demora no socorro, mas que o chamado que receberam era para um caso de embriaguez. O médico afirma que não foi informado que a vítima já estava desacordada. Segundo o coordenador do Samu, o estudante tinha algumas escoriações pelo corpo.

Fonte: g1, www.g1.com.br