Usuário de drogas é assassinado dentro de escola na zona Norte

O corpo foi localizado atrás da quadra de esporte da escola.

O dependente químico e desempregado, Wilton Gonçalves da Silva, conhecido como “Pita” e “Neguinho”, foi assassinado com tiro de revólver na cabeça e no braço dentro da Unidade Escolar Pedro Conde no Conjunto Ribeiro Guimarães, Vila São Francisco, zona Norte de Teresina.

O corpo foi localizado atrás da quadra de esporte da escola. Tanto a cabeça e o peito de Wilton estavam ensanguentados.

O Tenente Arnaldo Junior, do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM), informou que Wilton morava na rua Getúlio Vargas, na Vila São Francisco. Ele era filho José Wilson Gonçalves da Silva e Maria Vilma Gonçalves da Silva.

Arnaldo disse que Wilton era usuário de drogas e estava envolvido com furtos na região. Segundo ele, Wilton estava sendo acusado de roubo e foi pessoalmente ao 9º Distrito Policial no Mocambinho para se justificar dizendo que não tinha participado do roubo do qual era acusado.

O tenente falou que os vizinhos do colégio disseram que ouviram, às 3 da manhã desta quinta-feira (18), disparos de tiros. Ele informou que os dependentes químicos usavam o fundo da escola para usarem drogas. A direção tampou várias vezes o buraco, mas eles abriam novamente.

O corpo de Wilton está próximo de um buraco no muro. Os peritos do Instituto de Criminalísticas da Secretaria de Segurança Pública foram fazer a perícia na vítima. O delegado de homicídio Émerson Alves está coordenando as investigações.

O pai de Wilton, o pedreiro José Wilson Gonçalves, contou que sempre aconselhou o filho a sair do mundo das drogas. “ Eu dizia sempre que nesse caminho ele não iria chegar aos 20 anos. Esse caminho das drogas só tinha um caminho que era a morte. Ele ia completar 19 anos em dezembro. Ele falava pra mim que sabia o que estava fazendo, mas ele não sabia. Ele era jovem tinha uma vida inteira pela frente”, desabafou.

 (Crédito: Efrém Ribeiro)
(Crédito: Efrém Ribeiro)


Fonte: Com informações de Efrém Ribeiro