Vendedor que quebrou braço de traficante é executado com 3 tiros

Ele foi assassinado às 4h de domingo (31)

O vendedor de legumes Daniel de Oliveira Paz, de 23 anos, foi assassinado às 4h de domingo (31), com três tiros de revólver na Vila São Francisco Norte, na zona Norte de Teresina. O tio da vítima, o auxiliar de serviços gerais, Francisco Ribeiro Sousa, disse que seu sobrinho estava no dique do rio Poti, na Vila São Francisco, quando dois homens em uma motocicleta, passara a persegui-lo e dispararam três vezes contra o jovem.

Para fugir dos pistoleiros, Daniel Oliveira, já atingido com os disparos pulou o muro de uma residência e correu para o quintal, onde caiu e morreu por não resistir os ferimentos das balas.

Segundo Francisco Sousa, há mais de um mês, durante uma briga, Daniel Paz quebrou o braço de um homem identificado apenas como Eduardo, mais conhecido como “Batatinha”, logo depois disso, dois homens foram tentar mata-lo em sua residência, na Vila Mocambinho II, zona Norte de Teresina, quando os disparos atingiram o irmão de Daniel, Noel de Oliveira Paz, de 22 anos, que possui distúrbios mentais.

“Nós ficamos sabendo na rua que Daniel e Noel estavam jurados de morte, mas não temos mortes que as ameaças e assassinato partiram de Batatinha, apenas é um boato de rua”, declarou o tio da vítima.

O conflito entre Daniel e Eduardo começou com a compra de uma bicicleta que não tinha sido paga. Daniel Paz teria vendido a bicicleta e não recebeu o dinheiro. Os peritos criminais do Instituto de Criminalística, da Secretaria Estadual de Segurança foram até o local fazer perícia. O delegado Higor Martins e agentes da Delegacia de Homicídios iniciaram as investigações do crime.

 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)
 (Crédito: Efrem Ribeiro)
(Crédito: Efrem Ribeiro)


Fonte: Por: Efrem Ribeiro