Vendedora é assassinada com três tiros na presença do filho de três anos em Fortaleza

Os policiais constataram que além de passional, o crime foi premeditadO

Quixadá. A vendedora Valdirlene Carneiro Silveira, 24, foi executada na porta de casa com três disparos de arma de fogo. O crime ocorreu por volta das três horas da madrugada de ontem, no bairro da Baviera, uma área residencial de Quixadá. O desempregado José Humberto de Queiroz Filho, 28, foi o autor do crime. Além da ex-companheira, ele baleou ainda o oficial de Justiça Heyerdal Oliveira Correia, 36.

Investigadores da Polícia Civil de Quixadá ainda não sabem por qual motivo o servidor da Comarca de Quixeramobim também foi baleado, nas costas. A segunda vítima acompanhava o assassino. Foi transferida às pressas para Fortaleza. Seu estado é grave e corre risco de morte.

Ele poderá esclarecer o que teria levado o amigo tirar a vida da ex-companheira na presença do filho do casal, uma criança de três anos, que presenciou o crime juntamente com uma adolescente de 15.

Os policiais constataram que além de passional, o crime foi premeditado. Embora os levantamentos sejam preliminares, a equipe coordenada pelo delegado Edilson Sobrinho já ouviu testemunhas. Segundo o perito criminalístico Maxwell Sales, a vítima não teve chance de defesa. Humberto fugiu e buscas estão sendo feitas na a região. (Colaborou, Alex Pimentel)

Em Itatira

Antônio Silva do Nascimento, 37, funcionário público, assassinou a mulher Maria Luzinete Bezerra Lopes, 35, a tiros, e depois tentou se matar, na madrugada de ontem, numa estrada que liga a sede do município de Itatira à localidade de Bandeira Nova.

O funcionário público foi socorrido para o IJF, em Fortaleza, e submetido a uma cirurgia, recebendo alta em seguida. Ele está preso na Delegacia Regional de Canindé.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br