Vereador preso com drogas teve campanha financiada pelo tráfico

Vereador foi o segundo mais votado na Câmara da cidade.

Na segunda-feira, dia 03 de outubro, o vereador Messias Aguiar, eleito nas eleições municipais do último dia 02 , foi preso em posse de nada mais nada menos que 300 kg de drogas. De acordo com a Polícia Militar, a prisão ocorreu uma fazenda localizada na zona rural do município de Ubaitaba, no sul do estado da Bahia. 

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), responsável pelas investigações, informou que a campanha do vereador, que é do PMDB, foi patrocinada por dinheiro proveniente do tráfico. “Há informações de que toda a campanha tenha sido financiada pelo tráfico local”, afirmou o delegado Evy Paternostro.

Ainda segundo a Secretaria da Segurança Pública, em depoimento, Messias, que constava no cadastro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) como agricultor, negou ser dono da fazenda onde parte da droga foi encontrada e disse também não ser o proprietário dos entorpecentes.

A SSP informou que um funcionário da propriedade rural disse que o local pertence ao vereador recém-eleito.  O vereador se encontra preso e, segundo o juiz eleitoral Glaucio Klipel, caso ele permaneça na prisão, quem assume é o suplente. 

 Messias Aguiar, do PMDB (Crédito: Divulgação)
Messias Aguiar, do PMDB (Crédito: Divulgação)




Fonte: Com informações do G1