Vigia mata seu desafeto com tiro de espingarda por motivo fútil

Quando Marcos levantou a espingarda o rapaz saiu da frente.

Um homem foi assassinado para que não fumasse perto da casa de um desafeto. O ajudante de pedreiro José Fernando Rodrigues Gomes, 32 anos, foi executado com o tiro de espingarda no lado direito do peito, por volta das 20h deste sábado (27/12), na Rua São Félix, na comunidade Parque José Estevão, Bairro Alto Santa Maria, em Parnaíba.

Rodrigues estava na companhia de um sobrinho e ambos iam fumar, quando foram surpreendidos por uma pessoa identificada somente pelo nome ‘Marcos Vigia’. Este disse que era para os dois fumarem em outro local. Segundo o sobrinho de Fernando, o mesmo disse para que Marcos atirasse; pois acreditava que não fosse uma arma de fato. Quando Marcos levantou a espingarda o rapaz saiu da frente.

Clique e curta a página do Portal Meio Norte no facebook.

Após baixar a arma, Fernando e seu sobrinho, já estavam deixando o local quando Marcos efetuou um disparo. O tiro provocou várias perfurações no peito de Fernando, que morreu instantes depois. Marcos saiu correndo até sua casa e pegou sua moto, uma Apache de cor vermelha, e fugiu.

Uma guarnição do Ronda Cidadão, comandada pelo sargento Maurício Gonzales, foi até o local. Outra guarnição da Força Tática, comandada pelo sargento Leonardo Sousa, saiu na tentativa de capturar o autor do homicídio. Em seguida, uma unidade avançada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou e constatou a morte. Junto ao corpo de José Fernando foi encontrado uma pequena porção de fumo. O IML de Parnaíba, através de uma equipe coordenada pelo policial Robinson Castillo, fez a remoção do corpo até o Posto Avançado.






Fonte: Pro Parnaiba