Vigias de delegacia levaram cachaça e farofa em dia de fuga

Oito presos saíram pela porta da frente da delegacia no sábado (26)

O delegado Franklin Nogueira, plantonista da Delegacia de Itororó, município localizado na região sul da Bahia, afirmou ao G1 na tarde desta segunda-feira (28) que um dos vigias presos após a fuga de oito detentos da delegacia da cidade estava embriagado enquanto trabalhava.

Segundo o delegado, os dois vigias são contratados pela prefeitura do município, pois a delegacia conta apenas com três policiais para dar conta de todas as demandas da unidade, além de cuidar dos presos da delegacia. O delegado ainda informou que os suspeitos levaram farofa e cachaça para os presos no dia da fuga.

Franklin Nogueira também afirmou que os vigias são suspeitos de vender celulares para os presos e no dia da fuga, o sistema de segurança estava desligado desde as 12h. ?Foi facilidade demais. Eles [os suspeitos] entraram aqui e levaram os presos pela porta da frente da delegacia?, disse.

Até a tarde desta segunda-feira (28) nenhum dos presos foi recapturado e, segundo o delegado, o efetivo da unidade policial não permite que sejam realizadas buscas na região.

?Aqui temos três policiais em regime de plantão. Os policiais têm que tomar conta de preso, investigar, registrar ocorrência. Não temos nem pra quem solicitar efetivo?, afirma.

Os dois vigias presos no sábado (26) estão detidos na Delegacia de Itapetinga, na 21ª Coorpin, e segundo Franklin Nogueira, assim que pagarem a fiança serão liberados. O delegado informou que antes da fuga, havia 15 pessoas presas na delegacia e, após a fuga, sete continuam presas na unidade.

A fuga

Dois homens encapuzados e armados invadiram a Delegacia de Itororó e resgataram oito presos por volta das 19h de sábado (26). Segundo informações da 21ª Coordenadorida de Polícia do Interior (Coorpin), os suspeitos chegaram à unidade policial de Itororó, renderam um dos vigias e deixaram o outro que estava no banheiro trancado no local.

A polícia informou que suspeita que os dois vigias que estavam na Delegacia de Itororó no momento do ocorrido teriam facilitado a ação dos suspeitos e a fuga dos presos. Os dois vigias foram presos em flagrante e levados para a Delegacia de Itapetinga, na 21ª Coorpin.

Fonte: G1