Vigilante de 35 anos mata homem que assediou sua mulher há sete anos

O homicídio ocorreu em maio de 2006 dentro de uma barbearia.


Vigilante mata homem que assediou sua mulher há sete anos

O vigilante Diógenes Silva Pereira, 35 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira no Vale das Pedrinhas, bairro de Salvador (BA). Ele é suspeito de ter assassinado a tiros o mecânico José Pedro Oliveira Cruz em abril deste ano. Segundo a polícia, o crime foi motivado por vingança: há sete anos, a vítima teria assediado a companheira do vigilante, que estava grávida de seis meses.

O homicídio ocorreu em maio de 2006 dentro de uma barbearia, no Vale das Muriçocas, região da Vasco da Gama. Pereira deu quatro tiros na cabeça do mecânico.

Hoje pela manhã, a polícia prendeu o vigilante na casa de uma nova namorada após receber uma denúncia sobre a localização do suspeito. No local, foi encontrado um colete à prova de balas, encaminhado para perícia.

Em depoimento à delegada Jussara Maria Santos, titular da Delegacia Territorial (DT) de Rio Vermelho, Pereira confessou o crime e disse que jogou o revólver calibre 38, usado para matar o mecânico, no Dique Tororó, assim que fugiu do local do crime. Ele foi indiciado por homicídio e encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) para prestar novos depoimentos.

Fonte: Terra