Vítima mata ladrão, fica três dias presos e é considerado um assassino pela Justiça

Vítima mata ladrão, fica três dias presos e é considerado um assassino pela Justiça

Em depoimento à polícia, o empreiteiro contou que foi abordado por dois assaltantes

A Justiça concedeu liberdade provisória para o empreiteiro Divino Marcos Campos Ribeiro, preso depois de matar um bandido que tentou roubar seu carro no último domingo (11), em São Cristovão, na zona norte do Rio.

Em depoimento à polícia, o empreiteiro contou que foi abordado por dois assaltantes. Ao pegar o revólver de um deles, a arma disparou e atingiu um dos criminosos, que morreu. O outro bandido levou um tiro na perna e foi preso.

Mesmo alegando legítima defesa, o homem enfrentou problemas com a Justiça e passou três dias na carceragem da Polinter, na Baixada Fluminense.

Fonte: R7, www.r7.com