Vítima de estelionato foi chamada de 'vovozinha linda' por acusado

A mulher contou que pensou que fosse um funcionário do banco.

Nesta segunda-feira (27), a aposentada Rosalina da Costa, de 75 anos, moradora da cidade de Nossa Senhora da Nazaré, se deslocou até o 1º distrito policial do município de Campo Maior para denunciar o crime de estelionato que sofreu dentro de uma agência bancária da cidade.

De acordo com relatos da vítima, ela chegou ao banco e um homem branco, bem vestido se aproximou oferecendo ajuda para manusear os caixas: “Eu pensava que era um dos funcionários do banco, ele me perguntou se eu estava com pressa. Pegou meu cartão e pediu para eu ficar aguardando com a mão no sensor de digitais do caixa que o dinheiro ia sair”, afirmou ela dizendo que foi chamada de ‘vovozinha linda’ pelo acusado.

A aposentada conta que esperou um tempo, a máquina fez um barulho e ela resolveu sair pra procurar pelo rapaz quando viu um funcionário do banco que estava ligando para a polícia, dizendo que se tratava de um estelionatário. O homem havia fugido em um carro que teria placa do estado do Ceará.

 A conta da aposentada deveria R$ 560,00 por que ela já tem um empréstimo em sua aposentadoria. Depois do golpe, ficaram apenas R$ 2,32. Ela diz que tem pressão alta, diabetes, é viúva, mora apenas com um neto e não vai ter como quitar suas contas.

Aposentada foi enganada por acusado (Crédito: Reprodução)
Aposentada foi enganada por acusado (Crédito: Reprodução)
Aposentada foi enganada por acusado (Crédito: Reprodução)
Aposentada foi enganada por acusado (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Campo Maior em Foco