Viúvo é preso suspeito de ser o mandante da morte da esposa grávida, em São Gonçalo; ‘Psicopata’, diz prima da vítima

Suelen tinha 26 anos e foi morta no dia 7 de abril deste ano. Grávida do primeiro filho, ela foi estrangulada com um fio de computador.

Policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DH NIT/SG) prenderam, na manhã desta sexta-feira, o viúvo de Suelen de Souza Sales, grávida de seis meses e morta em abril deste ano, no bairro da Trindade, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. De acordo com o titular da DH, Wellington Vieira, Rodrigo Folly Cuzzuol, de 34 anos, foi a acusado pela amante, Flávia da Silva Ramos, de 33, de ser o mandante do crime. Ele foi capturado na casa dos pais, no mesmo bairro onde o crime aconteceu. Com base nestas acusações e em provas recolhidas pelos investigadores, a Justiça decretou a prisão temporária de Rodrigo, por 30 dias.


Viúvo é preso suspeito de ser o mandante da morte da esposa grávida, em São Gonçalo; ?Psicopata?, diz prima da vítima

- A Flávia contou durante o seu novo depoimento, prestado na quarta-feira, detalhes da sua participação no crime. Ela revelou que matou a Flávia com ajuda de outras pessoas e que o Rodrigo teria planejado toda a morte de Suelen. Era desejo dele ficar com a Flávia, mas ele precisava que alguém cometesse o crime - disse Wellington Vieira.


Viúvo é preso suspeito de ser o mandante da morte da esposa grávida, em São Gonçalo; ?Psicopata?, diz prima da vítima

Ainda de acordo com o delegado, Flávia disse que o Rodrigo, além de planejar toda a ação, teria deixado a porta da casa aberta para que a Flávia pudesse entrar com os comparsas sem que chamasse a atenção da vítima.

- Agora estamos atrás das outras pessoas citadas por ela. Nós ainda não podemos dar detalhes sobre a investigação, porque existem elementos chaves que ainda não foram presos - informou Wellington.

Rodrigo prestará nesta sexta-feira um novo depoimento. Durante as últimas declarações dadas à policia o viúvo de Suelen negou que tivesse alguma participação no crime e apontou a amante como a principal suspeita.

Família em choque

Prima de Suelen, Alessandra Sales, disse estar completamente surpresa com o desfecho das investigações:

- A gente escutava muitas pessoas dizerem que ele tinha participado da morte da mulher dele, mas é muito difícil para a gente que convivia de perto aceitar isso. Mas a polícia e a Justiça estão aí para isso. Esse homem foi completamente diabólico. Um completo psicopata. Estamos em choque.

Morta com fio de computador


Viúvo é preso suspeito de ser o mandante da morte da esposa grávida, em São Gonçalo; ?Psicopata?, diz prima da vítima

Suelen tinha 26 anos e foi morta no dia 7 de abril deste ano. Grávida do primeiro filho, ela foi estrangulada com um fio de computador. A criança também morreu. Dias depois do crime, o envolvimento de Rodrigo e Flávia veio à tona e a mulher acabou presa.

O relacionamento extraconjugal revoltou alguns parentes de Suelen, mas o pai da jovem partiu em defesa do genro. O pintor industrial Manoel Augusto Salles, de 53 anos, afirmou que, para ele, Rodrigo também era vítima de Flávia.

- Essa mulher é diabólica. Eu conheço o Rodrigo desde que era criança e nunca vi nada nele que pudesse desabonar sua conduta. Ele cometeu um erro (ao se envolver com Flávia) que todos podemos cometer - disse Manoel, dias depois do crime.

Nesta sexta, após a notícia da prisão de Rodrigo, ele mudou o discurso e disse querer que o genro seja punido "com todo o rigor da Justiça":

- Estou muito abalado. Quando tudo aconteceu, cheguei a defender o Rodrigo, porque sempre o considerei como se fosse um filho pra mim. Mas com o desenrolar das investigações minha ficha começou a cair - desabafou Manoel: - Se tudo se comprovar, podemos dizer que ele cometeu um ato monstruoso contra minha filha e meu neto. Meu desejo agora é que todos os envolvidos fiquem por muitos anos atrás das grades.

Fonte: Extra