"Vivo com um inimigo em casa", diz mãe de filho detido pelos vizinhos

De acordo com ela, filho quebrou objetos e a teria agredido pela 2ª vez.

Um adolescente de 15 anos foi apreendido na noite desta quarta-feira (5) pela Guarda Municipal suspeito de agredir a mãe e quebrar objetos e móveis dentro de casa, no bairro Cauamé, zona Oeste de Boa Vista. De acordo com a vítima, o garoto foi detido por vizinhos, que ouviram barulho vindo da residência.



Segundo a mãe, que é evangélica, o filho mudou de comportamento desde o ano passado. "Ele só vem piorando. Não tem hora para chegar e anda em más companhias. Ele vai à igreja para me afrontar, na frente de todo mundo. Não é a primeira vez que ele age assim. Vivo com um inimigo dentro da minha casa. É difícil conviver com o filho problemático", afirmou.

Ela disse que não sabe se o garoto é usuário de drogas, pois não há diálogo entre os dois. "Eu pergunto a ele se usa algum tipo de entorpecente, mas ele não me responde. Meu filho não se abre comigo. Só fala para pedir alguma coisa e, quando nego, se torna violento. Nesta noite, me atacou com um objeto e me defendi com o braço. Se não fossem os vizinhos, não sei o que teria acontecido", declarou.

A mãe revelou ser essa a segunda vez que é agredida pelo filho. Ela disse que a primeira agressão ocorreu no ano passado.

"Fiquei machucada após ele ter jogado o ventilador em mim. Chamei a polícia, mas ele não foi levado para a delegacia. Mas agora exigi que fosse levado, porque quero que ele vá para algum abrigo para não fazer mais nenhuma besteira. Não aguento mais", ressaltou, complementando que o pai do garoto é ausente. "Tenho outro filho, mas esse não me dá problema".

O garoto foi conduzido à Central de Flagrantes no 5° Distrito Policial para prestar depoimento à delegada plantonista. Até a publicação desta matéria, ele não havia sido ouvido.

Fonte: G1