Acusada, Kamyla Simioni fala sobre envolvimento em roubo

Acusada, Kamyla Simioni fala sobre envolvimento em roubo

Delegado confirma que empresária teria autorizado entrada do suspeito no condomínio.

A empresária Kamyla Simioni pode adicionar mais uma polêmica na lista extensa que envolve seu nome. Acusada de receptação, a jovem pretende processar o ladrão que afirmou que iria entregar uma moto aquática roubada para ela.

? Vou processar o marginal. Ele já falou que não me conhece e que inventou essa história para usar meu nome.

A morena, que ficou conhecida ao se assumir como amante do cantor Tony Salles, marido da dançarina Scheila Carvalho, mora no condomínio onde o assaltante, Begrame Lopes Campos, de 32 anos, foi detido.

? A gente acha que a intenção dele era assaltar a minha casa. Como foi perseguido e preso, falou que a encomenda era para mim.

Kamyla pretende apresentar uma queixa-crime contra Campos por calúnia e difamação. Para a empresária a ação é a ?única coisa que funciona no Brasil?.

? Eu pego o marido de não sei quem e ela não vai lá e me processa? Agora vou processar também.

Contradição

A versão da jovem, que garantiu que o suspeito voltou atrás durante depoimento, não é confirmada pela polícia.

Campos prestou depoimento na Delegacia de Furto de Veículos e manteve a primeira versão em conversa com o delegado Luciano Guimarães do Nascimento: ele disse, mais uma vez, que a moto aquática seria entregue para Kamyla.

A empresária também teria autorizado a entrada do suspeito no condomínio onde mora, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. À reportagem, Kamyla disse que não conhece Campos. No entaot, o suspeito afirmou que os dois se conheceram em uma balada.

? Todo mundo me conhece, é muito fácil falar isso.

O caso ainda está sendo investigado pelo Detran (Departamento de Trânsito) de Minas Gerais.

Fonte: r7