Zelador suspeito de matar pelo menos cinco prostitutas é preso em SP

A polícia suspeita que ele tenha cometido outros crimes na região

O zelador Eduardo Sebastião do Patrocínio, 42 anos, foi preso nesta terça-feira por policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) sob a acusação de ter assassinado pelo menos cinco garotas de programa na zona leste de São Paulo. Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, Patrocínio contratava as prostitutas e matava-as por esganadura, sem manter relações sexuais com elas. Até a tarde de ontem, o serial killer já teria confessado o assassinato de cinco mulheres, que moravam na zona leste da capital. Uma das vítimas teria sido colocada dentro de uma mala, depois de ser morta pelo maníaco. A polícia, porém, suspeita que ele tenha cometido outros crimes na região.

Segundo os responsáveis por conduzir o caso, o zelador cometia os crimes contra mulheres pelo menos desde 2010. A Secretaria de Segurança Pública do Estado apenas confirmou que um homem foi preso pela Polícia Civil sob a suspeita de ter matado mulheres na zona leste. Não foram divulgados detalhes a respeito do caso.

Fonte: Terra