Zezé Polessa presta depoimentos sobre morte de motorista no Rio

Zezé Polessa presta depoimentos sobre morte de motorista no Rio

A atriz foi ouvida pelo delegado-assistente do distrito, Dr. Maurício Mendonça.

Delegado-titular da 32º DP do Rio de Janeiro, em Taquara, Dr. Antonio Ricardo L. Nunes disse que não houve contradição no depoimento da atriz Zezé Polessa, dado nesta quinta-feira (24) sobre o caso da morte do motorista Nelson Lopes.

A atriz foi ouvida pelo delegado-assistente do distrito, Dr. Maurício Mendonça. Agora a polícia espera o relatório médico do Hospital Lourenço Jorge, que atendeu o motorista, e depoimentos de testemunhas presentes no portão 3 do Projac para a conclusão da investigação

Lopes teria morrido de infarto logo depois de uma discussão com a atriz, no dia 14 de janeiro. O motivo para a discórdia foi um erro de caminho cometido pelo motorista, deslize que teria irritado Polessa e gerado ameaças de boicote por parte dela - afirmando que não aceitaria mais ser conduzida por ele. Na sequência, o funcionário teria passado mal e sido levado a um hospital, onde morreu.

Logo depois de o caso ser divulgado, internautas, imprensa e colegas de trabalho culparam a atriz pela morte do motorista, deixando Zezé bastante magoada. ?Conheci o senhor Nelson há pouco mais de um mês, e neste período, ele me atendeu algumas poucas vezes, como ontem (segunda-feira, 14). Era um senhor extremamente educado e gentil. Quando soube de seu falecimento, fiquei muito triste. À família dele, toda minha solidariedade e carinho", declarou a atriz.

Nelson Lopes foi enterrado na quarta-feira (16).

Fonte: Terra