Policiais fazem parto de moradora de rua em base comunitária

Mulher chegou à base da polícia no largo do Arouche com fortes dores

Três policiais militares realizaram o parto de uma criança prematura, com apenas seis meses de gestação, dentro de uma base comunitária no largo do Arouche, na região central de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (12).

Segundo os policiais, a mulher, de aproximadamente 30 anos, chegou ao posto da polícia reclamando de dores na barriga. No momento, o policial percebeu que um bebê estava nascendo.

Em seguida a mãe e o bebê, uma menina, foram encaminhados à Santa Casa de Misericórdia. De acordo com o policial, ela estava com um saco de latinhas na mão.

Fonte: R7, www.r7.com