Policial gay é o primeiro a realizar união civil com companheiro

"É um peso que é retirado", comentou ele após a união com o marido.

"Todos devem saber que ser gay pode não ser fácil, mas se você tem apoio de amigos, família e pessoas que você conhece, não há problema nenhum". A fala é do sargento Hugo Alcaide, o primeiro oficial da Polícia chilena a registrar união civil no país.

Hugo casou-se com Jose Luis Valdes nesta semana. O casal foi um dos beneficiados pelo Acordo de União Civil (AUC), aprovado somente no ano passado no país. Em debate nos últimos quatro anos, o documento reconhece uniões de casais que vivem juntos sem estarem casados, garantindo direitos que, até então, só eram assegurados por meio do casamento civil convencional.

Hugo havia tornado sua homossexualidade pública duas semanas antes da celebração.

"É um peso que é retirado", comentou ele após a união com o marido. Apesar do avanço, o Chile ainda não permite a adoção de crianças por casais do mesmo sexo.

Sargento em seu casamento (Crédito: Reprodução)
Sargento em seu casamento (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Brasil Post