63% não acompanha Horário Político

A pesquisa foi realizada nos dias 23 a 25 de agosto, ouvidas 300 pessoas com 16 anos ou mais

Quase dois ter?os dos teresinenses revelaram desinteresse pelo hor?rio eleitoral gratuito no r?dio e TV, segundo pesquisa do Instituto Piauiense de Opini?o P?blica (IPOP) realizada no final de agosto. O n?mero ? ainda mais revelador tendo em conta que reflete a primeira semana de exibi??o da propaganda, per?odo que historicamente ? juntamente com a ?ltima semana ? atrai mais aten??o do p?blico.

A pesquisa foi realizada nos dias 23 a 25 de agosto, ouvidas 300 pessoas com 16 anos ou mais, em 71 bairros da cidade. A margem de erro ? de 5,7%. A pesquisa foi registrada no F?rum Eleitoral de Teresina atrav?s do protocolo 027917, de 25 de agosto. De acordo com o IPOP, 63,8% dos eleitores afirmaram n?o ter a inten??o de ver as mensagens eleitorais dos candidatos ?s elei?es deste ano. Os que revelam a vontade de acompanhar a propaganda eleitoral somam pouco mais de um ter?o: 36,2%.

Apesar do recha?o ao hor?rio eleitoral, mais da metade dos entrevistados viu ou ouviu alguma mensagem, n?o ficando claro se foi nos blocos de programas ou nos an?ncios soltos. Dos que viram a propaganda, 46,2% fizeram atrav?s da TV.

Outros 5,6% acompanharam pelo r?dio e TV e 1,3% somente pelo r?dio. Os que n?o tiveram acesso a nenhuma mensagem do per?odo somaram 46,8%. Os n?meros de pessoas que viram mensagens eleitorais ? pouco acima da metade -, no entanto, n?o pode ser lido como um ?ndice constante de audi?ncia, j? que podem ter visto uma ?nica vez. A freq??ncia de exposi??o ?s mensagens eleitorais n?o ? evidenciada pela

pesquisa.

De qualquer forma, os percentuais parecem indicar que o hor?rio eleitoral perde import?ncia. Vale notar, as pesquisas no Piau? e em outros estados t?m revelado que praticamente n?o h? altera??o na posi??o dos candidatos com o in?cio da fase de propaganda eleitoral no r?dio e na TV.

Fonte: Fenelon Rocha, meionorte.com / TV Meio Norte