80% das emendas devem ser liberadas até junho

Os R$ 383 milhões em emendas parlamentares indicadas no Orçamento Geral de 2010 pelos parlamentares piauienses ainda não foram liberados

Os R$ 383 milhões em emendas parlamentares indicadas no Orçamento Geral de 2010 pelos parlamentares piauienses ainda não foram liberados. Segundo o deputado federal Júlio César (DEM), não houve, até o momento, nenhum empenho das emendas de bancada do Estado. ?Além disso, a maioria esmagadora das emendas individuais também não saíram e o valor já emepnhado é baixo?, destacou o democrata.

Apesar da grande quantidade de recursos conseguidos no Orçamento, apenas uma parte dessas emendas são efetivamente liberadas. Em 2007 o Piauí conseguiu aprovar R$ 301 milhões, com R$ 233 empenhados. Já em 2008, apesar do ano positivo para a economia, a bancada piauiense conseguiu empenhar somente R$ 69 milhões dos R$ 283 aprovados.

No ano passado dos R$ 297 milhões aprovados, houve corte de mais de R$ 140 milhões. Ao todo, cerca de R$ 100 milhões foram empenhados. Na reunião realizada ontem com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardes, o deputado destacou a urgência na liberação das emendas. ?A União aumentou a arrecadação em R$ 26,5 bilhões este ano em relação à 2009. Não há por que contingenciar os recursos?, enfatizou.

Júlio César afirma que a expectativa é que 80% das emendas individuais sejam liberadas até junho. ?O ministro explicou que quando fez a programação não havia esse aumento na receita?. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte