96% das escolas públicas estaduais têm acesso à internet

96% das escolas públicas estaduais têm acesso à internet

Sistema de Gestão de Tecnologias do Proinfo aponta que 96% das escolas públicas estaduais do Piauí têm acesso à internet

De acordo com o Sistema de Gestão de Tecnologias do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo), 96% das escolas públicas estaduais de Ensino Fundamental do Piauí têm acesso à internet. O dado indica que o Piauí está acima da média nacional, a qual corresponde a 42,6%.

O Sistema ainda aponta que mais de 82% dessas escolas contam com laboratório de informática, enquanto, no Brasil, 55,9% delas ainda não possuem os espaços.

Apesar da baixa porcentagem nacional de estabelecimentos de ensino com acesso às tecnologias no País, 79,5% dos estudantes da rede pública no Ensino Fundamental possuem esses recursos disponíveis, e 76,9% contam com laboratórios em suas escolas. Isso ocorre porque as escolas com infraestrutura adequada concentram mais matrículas do que as que não a apresentam.

Para o governador Wilson Martins, esse é um reflexo dos investimentos em Educação em todo Estado. ?Isso é uma prova que investimos em quantidade e qualidade.

Além das escolas de ensino integral, a construção e recuperação de centenas de unidades escolares, esse índice reflete a mudança de gestão na Educação?, disse o governador.

A coordenadora de Tecnologia da Secretaria de Estado da educação e Cultura (Seduc), Alzira Lopes, ressalta que o atendimento educacional adequado não depende apenas presença de laboratórios de informática e Internet. ?As escolas têm de fazer a integração dos recursos midiáticos e pedagógicos já disponíveis com o currículo escolar?, frisa.

No Piauí, 654 escolas estaduais já apresentam recursos disponíveis pelo Proinfo, Programa que leva às recursos digitais e conteúdos educacionais.

?Os laboratórios do Proinfo vêm com riquíssimos conteúdos educacionais que podem ser usados pelo professor, sendo a Internet mais uma ferramenta que auxilia no uso pedagógico dessas tecnologias?, comenta.

Como contrapartida, a Secretaria Estadual da Educação garante a estrutura adequada para receber os equipamentos, além de capacitar os educadores para uso das ferramentas e das tecnologias.

?O essencial é o planejamento da escola e do professor, o qual deve utilizar os recursos disponíveis da maneira mais produtiva possível. Na verdade, esse planejamento é o que vai fazer a diferença na aprendizagem?, destaca.

Fonte: Ananias Ribeiro