Adversários buscam 2º turno contra Lins

O clima de animosidade persistiu entre Luizianne Lins (PT) e Patrícia Saboya (PDT)

O debate entre os candidatos ? Prefeitura de Fortaleza, logo em seu in?cio, os advers?rios partiram para o ataque contra a candidata ? reelei??o Luizianne Lins (PT). Na primeira pergunta, Patr?cia Saboya (PDT) voltou a questionar da petista sobre a presta??o de contas com os gastos com os cart?es corporativos da Prefeitura. J? Moroni Torgan (DEM) indagou a Adahil Barreto (PR) sobre uma renegocia??o de d?vida da Sul America com a administra??o municipal.

O clima de animosidade persistiu entre Luizianne Lins (PT) e Patr?cia Saboya (PDT), antes e durante o evento. Moroni Torgan (DEM) continuou desafiando os institutos de pesquisa, dizendo que pode ganhar a elei??o ainda no 1? turno. Renato Roseno (PSOL) criticou a aus?ncia do debate em torno da cidade. Pastor Neto Nunes (PSC) distribuiu c?pias da B?blia para seus concorrentes. J? o candidato S?rgio Braga (PPS) n?o esteve no debate entre os prefeitur?veis.

Moroni Torgan afirmou que, mesmo rouco, iria continuar com as caminhadas e discursos durante todo dia de hoje. Indagado sobre um poss?vel apoio da senadora Patr?cia Saboya (PDT), caso haja 2? turno da elei??o na Capital, Moroni respondeu que ?o que eu posso dizer ? que vamos ganhar a elei??o, 2? turno ? s? depois da elei??o para a gente ver?. Ambos se cumprimentaram e chegaram a conversar rapidamente antes do in?cio do debate na emissora local.

A troca de acusa?es e guerras jur?dicas entre as candidaturas de Luizianne Lins e Patr?cia Saboya chegaram ao ?pice no debate de ontem ? noite. Antes do in?cio do programa, Luizianne declarou que os debates em torno de Fortaleza, pois as candidaturas advers?rias n?o fizeram esfor?o para tanto. ?As poucas propostas que foram colocadas pelos advers?rios foram pouco fact?veis, o povo est? tomando conhecimento disso?, ressaltou.

J? Patr?cia Saboya afirmou que Luizianne tem a ?p?ssima? mania de se fazer de v?tima, mas que, neste momento, a popula??o n?o acredita mais. ?Chega a ser engra?ado, a prefeita da 4? maior Capital do Pa?s, apoiada pelo presidente e o governador do Estado, tem a m?quina da Prefeitura, 11 partidos, tem Duda Mendon?a fazendo sua campanha, ent?o vai ser v?tima do qu?? V?tima sou eu, se existir algu?m?, ironizou Patr?cia.

Aus?ncia

Al?m de n?o se cumprimentarem na entrada, Luizianne e Patr?cia discutiram logo no 1? bloco do debate, quando a pedetista indagou a petista sobre a presta??o de contas dos cart?es corporativos. Por sua vez, Lins respondeu que Patr?cia teria utilizado verba de gabinete do Senado para a sua campanha eleitoral.

Renato Roseno afirmou que ?Fortaleza n?o discutiu ainda um projeto para cidade. Nossas cr?ticas s?o program?ticas, n?o estamos caindo na baixaria dos demais candidatos. Limitaram o debate de uma cidade com 2,5 milh?es em uma discuss?o se existe ou n?o um canteiro de obras de um hospital?, ressaltou o socialista.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br