Defesa pede que STF não julgue mensalão com "faca no pescoço"

Defesa pede que STF não julgue mensalão com "faca no pescoço"

O mensalão pode ser julgado ainda esse semestre.

Documento anexado ao processo do mensalão e assinado por dez advogados de réus da ação pede a todos os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) que não julguem o caso "com a faca no pescoço".

"Embora nós saibamos disso, é preciso dar mostras a todos de que o Supremo Tribunal Federal não se curva a pressões e não decide "com a faca no pescoço"", diz o texto da petição.

Ele faz referência à reportagem do jornal Folha de S. Paulo publicada em 2007 sobre frase dita pelo ministro Ricardo Lewandowski, em um restaurante de Brasília, após o tribunal receber a denúncia contra os acusados de participar do esquema.

"A correria para o julgamento, atiçada pela grita, já seria indício do contrário e é preciso que o Brasil não tenha essa percepção, que abalaria sua confiança num Poder Judiciário independente como o que temos."

Os advogados afirmam que tomaram a atitude de enviar anteontem o documento para cada um dos integrantes do STF por estarem "preocupados com a inaudita onda de pressões deflagradas contra a mais alta corte brasileira".

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br