Aécio diz que não cogita possibilidade de ser vice de Serra

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta sexta-feira que não cogita mais a possibilidade de ser vice do Serra (PSDB)

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta sexta-feira que não cogita mais a possibilidade de ser vice do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), em uma eventual chapa pura tucana à Presidência da República.

"Eu não cogito essa possibilidade [de ser candidato a vice]. A minha responsabilidade hoje, o meu entusiasmo é com Minas Gerais. Eu apresentei durante todo o ano uma alternativa ao partido e ao país de uma nova convergência política [...], mas o partido majoritariamente caminhou numa outra direção. Eu respeito essa decisão", afirmou Aécio em entrevista divulgada por sua assessoria de imprensa.

Aécio desistiu da pré-candidatura ao Palácio do Planalto em dezembro passado, mas desde então continua sendo sondado para concorrer como vice. A possibilidade aumentou depois que o ex-presidente Itamar Franco decidiu disputar uma vaga ao Senado pelo PPS de Minas Gerais. A ideia inicial do PPS era só lançar Itamar se Aécio desistisse de concorrer ao Senado e aceitasse disputar como vice de Serra.

O governador mineiro disse que ainda não conversou com Itamar depois que ele decidiu concorrer ao Senado. Porém, segundo ele, foi uma decisão legítima.

"O [ex-] presidente Itamar é um político de dimensão nacional, ex-presidente da República, tem toda a legitimidade para postular o cargo que achar mais adequado. O momento que estamos vivendo agora não é ainda dessas definições", disse Aécio.

Ontem, o presidente do Diretório Estadual do PPS em Minas, Paulo Elisiário, disse que o partido não discutiu a situação de Aécio. "Não discutimos sobre isso [o apoio a Aécio]. Mas, prazerosamente, faremos a campanha para os dois [Itamar e Aécio]", afirmou.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br