Aécio Neves tem direito de resposta negado pelo TSE em programa de Dilma

Segundo Aécio, no dia 21 de agosto a petista teria levado ao ar "Fato sabidamente inverídico".

O senador mineiro, Aécio Neves(PSDB) teve negado um pedido de direito de resposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no guia eleitoral de Dilma Rousseff. Segundo Aécio, no dia 21 de agosto a petista teria levado ao ar "Fato sabidamente inverídico".

O impasse envolve a criação do Sistema Interligado Nacional de Energia. De acordo com o programa de Dilma, ela foi a criadora do Sistema, enquanto no site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a informação é que o Sistema já existe há décadas.

O relator do pedido, ministro Admar Gonzaga, afirmou que o direito de resposta exige a propagação de mensagem ofensiva ou sabidamente inverídica.


Em outra vitória na Corte, a coligação de Aécio havia pedido uma multa contra Dilma e o fotógrafo oficial da Presidência da República, Roberto França Stuckert Filho, pelo uso de imagens oficiais no site da campanha de Dilma. Os ministros entenderam que o uso das fotos é disponibilizado pela Presidência, inclusive para jornais, revistas e blogs.

 

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: UOL