AJM justifica ausência na votação do “Ficha Limpa”

AJM justifica ausência na votação do “Ficha Limpa”

Medeiros declarou hoje que chegou a votar quatro vezes pela aprovação do projeto

O deputado federal Antônio José Medeiros declarou hoje que chegou a votar quatro vezes pela aprovação do projeto denominado Ficha Limpa, que impede candidatura para cargo eletivo de pessoas condenadas por colegiado da Justiça. Segundo ele, um engano com o regimento Câmara o fez perder a votação do relatório projeto.

?Primeiro votei pela urgência do projeto. Depois, para que ele não fosse retirado de pauta, como sugeriram o PP e o PMDB. Também votei contra as emendas que mudavam o texto original. Por fim, teve a aprovação das lideranças, onde, para mim se encerrava a tramitação, pois havia um consenso. Mas por se tratar de uma lei complementar, ela teria que passar por voto nominal. Quando a votação ocorreu, eu já estava fora do plenário, acreditando que a lei já estava aprovada?, explicou.

Ele atribui parte do problema ao longo tempo em que passou fora do Congresso, ocupando a Secretaria Estadual de Educação, afetando a familiaridade com as regras do órgão.

Fonte: Ascom