Ala petista defende uma terceira via para disputa em Teresina

Ala petista defende uma terceira via para disputa em Teresina

O objetivo seria reiniciar a discussão sobre que nome deve ser lançado caso a decisão de candidatura própria seja aprovada.

Dividido entre candidatura própria à Prefeitura de Teresina ou o apoio ao prefeito Elmano Férrer (PTB), o Partido dos Trabalhadores piauiense tem mais uma decisão interna. Dessa vez, um grupo de petistas que defende a candidatura própria, estuda o lançamento de um nome alternativo ao da deputada estadual Rejane Dias. A Articulação pela Base (AB), tendência interna do Partido dos Trabalhadores vem trabalhando para lançar uma terceira chapa na disputa pelo posicionamento do PT nas eleições para a PMT.

O objetivo seria reiniciar a discussão sobre que nome deve ser lançado caso a decisão de candidatura própria seja aprovada. Segundo o deputado federal Jesus Rodrigues, um dos membros do grupo, cresce dentro do partido o sentimento de necessidade dessa terceira via. ?Trabalhamos por uma

alternativa que possa unir a militância petista em torno do ideal. Por conta dos debates acalorados, percebemos que há posições muito acirradas de companheiros que desenvolveram resistência ao nome da Rejane Dias e do Elmano Férrer. Por isso, queremos construir esse novo caminho?, destaca o parlamentar, sem apontar nomes.

De acordo com o regulamento das prévias e encontros, no dia 25 de março devem ser escolhidos 215 delegados que, no dia 7 de abril, decidirão os rumos do PT nas eleições de 2012, quando a sigla colocará em votação a tese da aliança ou candidatura própria.

?Vamos buscar o meio termo, a coerência. Vencer, com argumentos, a proposta da aliança, que compreendemos trazer um prejuízo político estratégico para um partido que sonha governar a capital. O mais importante nesse momento é construir a nossa unidade. Atrair os simpatizantes, congraçar os

filiados?, conclui Jesus.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte