Alencar passa noite em UTI e recebe a visita de Dilma

Ex-vice-presidente voltou a ser internado com uma perfuração no intestino

O ex-vice-presidente da República José Alencar permanece internado na UTI do Hospital Sírio-Libanês, nesta quinta-feira (10), para onde foi levado na última quarta-feira (9) com uma perfuração no intestino. De acordo com o hospital, o estado dele é grave, mas ele está consciente e seu quadro é estável. Não está prevista a divulgação de um boletim médico nesta quinta-feira.

Alencar deve receber ainda hoje a visita da presidente Dilma Rousseff, que desembarca na capital paulista por volta das 11h20 e, em seguida, retorna a Brasília. Dilma vai ao Sírio acompanhada do secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho.

De acordo com o hospital, Alencar foi hospitalizado com uma peritonite (inflamação na região abdominal), causada por uma perfuração no intestino, e passa por exames. Em boletim divulgado no início da noite de quarta-feira, o hospital informou que o ex-vice-presidente estava consciente, mas ficará na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde recebe anti-inflamatórios. Não está prevista a realização de cirurgias.

Luta contra o câncer

Alencar voltou a ser internado apenas duas semanas após sua última alta médica. O ex-vice-presidente deixou o hospital no dia 25 de janeiro, depois de passar quase três meses internado. Naquele mesmo dia, ele foi homenageado e recebeu a medalha 25 de Janeiro, em uma cerimônia que reuniu a presidente Dilma e o ex-presidente Lula.

Em discurso emocionado, Alencar recordou sua luta contra o câncer e disse que continuará lutando por sua vida.

- Eu ainda não estou bem. Estou bem melhor, mas ainda não estou bem. O período longo em que fiquei ativo me trouxe essa dificuldade de locomoção. Estou fazendo fisioterapia e estou melhorando. [...] Não posso me queixar, mas tenho de fazer a minha parte. Estou lutando para não morrer e estamos vencendo com a força de Deus. E seja qual for o resultado, será uma vitória nossa. O que ele fizer é o que está certo.

Alencar tem 79 anos e luta há mais de dez anos contra um câncer na região abdominal. Desde o fim do ano, ele vem sendo submetido a sessões diárias de quimioterapia (via oral) e a sessões periódicas de hemodiálise.

Fonte: R7, www.r7.com