Ministro Mercadante determina mutirão para Programa Piauí Digital

Wilson Martins diz que está sendo desenvolvido no Piauí um programa na área mediação tecnológica.

O governador Wilson Martins esteve reunido na manhã de ontem com o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, para solicitar que o gestor da pasta priorize o andamento do Programa Piauí Digital.

Como resposta, o ministro determinou que os técnicos do órgão realizassem um ?mutirão?, para agilizar a implantação do projeto. De acordo com o governador, está sendo desenvolvido no Piauí um expressivo programa na área de educação com mediação tecnológica, que necessita da disponibilização de internet banda larga para se concretizar.

Durante a reunião, Wilson Martins também fez questão de ressaltar que o Piauí tem avançado bastante na área da educação a distância, por meio dos núcleos da universidade aberta. ?Estou muito satisfeito com a conversa que tivemos, foi uma reunião muito proveitosa.

O ministro propôs um enriquecimento do projeto, a partir da possibilidade de juntar a tecnologia wireless com distribuição de internet através de cabos de fibra ótica?, explica o governador, acrescentando que a internet gratuita e de qualidade é uma necessidade de toda a população.

Para Aloizio Mercadante, o Piauí é um estado que tem avançado bastante na área da educação nos últimos anos, e, para manter esse nível de crescimento o programa Piauí Digital desponta como uma das principais vias de acesso.

?Temos que dá uma atenção especial ao Piauí, pois ele ainda é um Estado carente e precisa de apoio para desenvolver a inclusão digital de forma satisfatória?, argumenta o ministro.

O programa Piauí Digital disponibilizará o acesso à internet com alta capacidade e disponibilidade por meio de uma rede própria, sendo que a primeira etapa do projeto irá abranger um total de 49 municípios no Estado, dos quais 43 possuirão Estações Piauí Digital, as Estações Piauí Digital serão centros de acesso à tecnologia da informação para a inclusão social.

Localizadas em prédios públicos específicos para este fim, as Estações Piauí Digital serão equipadas com cadeiras, mesas, computadores, servidores de rede, dentre outros equipamentos, além de dispor de orientadores treinados para prestar cursos de informática para a comunidade.

O projeto conta com R$ 25 milhões oriundos de emenda parlamentar do senador Ciro Nogueira (de quando era deputado federal), além de R$ 12 milhões do Governo do Estado com operação de crédito feita com o BNDES.

Fonte: Jornal Meio Norte