Alvo de denúncias, Eduardo Cunha desiste de viajar para Itália

Cunha disse que desistiu da viagem por causa de um casamento

Image title


O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quinta-feira (1º) que desistiu de viajar para a Itália para participar do 1º Fórum Parlamentar Itália, América Latina e Caribe, em Roma.

Cunha disse que desistiu da viagem por causa do casamento do senador Romero Jucá (PMDB-RR) no sábado (3), de quem é amigo. Ele também argumentou que a viagem seria muito corrida porque já teria de estar de volta ao Brasil no início da semana e o evento não compensaria o esforço.

"Decidi que eu não vou. Vou ficar para o casamento do Jucá, que será sábado em Brasília", afirmou Cunha.

"Eu ia apenas fazer um discurso na segunda-feira e voltar correndo para chegar no Rio, para chegar aqui ao meio-dia. Eu achei que era muita corrida para um evento que não tem o tamanho que justificasse", disse.

Nesta quarta-feira (30), autoridades da Suíça enviaram para o Brasil dados de uma conta secreta a Eduardo Cunha. O volume de recursos -que está sendo mantido em sigilo- foi bloqueado pelas autoridades suíças.

Ele é alvo de um inquérito aberto pelo Ministério Público suíço, em abril deste ano, por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro.O peemedebista afirmou a jornalistas que o cancelamento da viagem não tem a ver com a investigação.

Fonte: G1