Antônio Florentino pede impugnação de urna que não tinha seu nome

Florentino foi até a escola e conversou com a mesária, que lhe confirmou o defeito na urna.

Os eleitores que utilizaram a urna da sessão 412, 1ª zona eleitoral, da escola Pedro Conde, em Teresina, não conseguiram votar no candidato do PV ao Senado, Antônio Florentino. O candidato recebeu a denúncia da estudante universitária Fernanda Mendes Santos e Silva e entrou em contato com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) solicitando a impugnação da urna, já que o problema também estaria ocorrendo com o número de outros candidatos.

Florentino foi até a escola e conversou com a mesária, que lhe confirmou o defeito na urna. ?Depois que soube disso fui até o local e a mesária me confirmou que algumas pessoas inclusive tinham voltado à sessão para tentar votar novamente. Comuniquei o problema à Justiça Eleitoral para regularizar a votação nessa urna?, informou o candidato do PV.

Segundo Florentino, um técnico da Justiça Eleitoral foi encaminhado até o local para verificar a urna. O candidato avaliou sua campanha na acirrada disputa ao Senado. ?Houve muita troca de farpas entre meus adversários, mas poucos projetos foram apresentados ao Piauí?, afirmou., acrescentando que ?faltou identidade?. ?Foi uma campanha difícil, mas tentamos ser propositivos?, concluiu. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte