Aos 66 anos, morre deputado federal Sérgio Guerra, ex-presidente do PSDB de Pernambuco

Aos 66 anos, morre deputado federal Sérgio Guerra, ex-presidente do PSDB de Pernambuco

Ele esteve internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O deputado federal Sérgio Guerra (PSDB) faleceu na manhã desta quinta-feira (6) em São Paulo, aos 66 anos. Guerra, que era presidente do PSDB de Pernambuco, estava internado há mais de 20 dias no Hospital Sírio Libanês. A assessoria nacional do partido, do qual ele já foi presidente, deve divulgar uma nota com o motivo do falecimento e o local em que o corpo será enterrado.

Segundo informações apuradas pelo Blog de Jamildo, Sérgio Guerra havia adquirido um câncer que se espalhou do pescoço para a cabeça. Desde que ele foi internado pela última vez, o deputado estava entubado e não houve nenhuma melhora.

Natural de Recife, o deputado era economista, pecuarista e escritor. Guerra ocupou o mandato de deputado federal entre os anos de 1995 e 2003, quando foi eleito Senador da República. Guerra retornou à Câmara dos Deputados em 2011. No final do ano passado, Guerra conduziu o PSDB de Pernambuco para a base do governador Eduardo Campos (PSB).

Sérgio Guerra era diabético e perdeu um rim aos 12 anos. Há seis anos, o deputado extraiu parte do intestino delgado. O deputado formou-se em economia no ano de 1969 pela Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), especializando-se em economia internacional na Universidade de Harvard, EUA, em 1970.

Desde 1981, o deputado foi filiado a quatro partidos políticos: PMDB, PDT, PSB e PSDB, no qual ele estava desde 1999. Guerra assumiu a presidência nacional do partido em 2007. Ele coordenou as campanhas presidenciais tucanas de Geraldo Alckmin, em 2006, e de José Serra, em 2010.

Por meio de nota, o senador Armando Monteiro (PTB) afirmou que o Estado perdeu um político de dimensão nacional. ?Pernambuco perde um político de dimensão nacional. Sérgio Guerra sempre revelou atributos de liderança e grande capacidade de articulação. Quero neste momento apresentar a toda a sua família a expressão de meu pesar e solidariedade?, afirmou o senador.

Presidente do PSDB do Recife, a vereadora Aline Mariano declarou que o partido perdeu um dos seus maiores líderes nacionais. ?Ele fez o PSDB em Pernambuco. Foi o principal responsável por construir o partido no Estado. Pessoalmente, perdi um grande amigo?, disse.

Por meio do Twitter, os deputados estaduais Daniel Coelho e Terezinha Nunes manifestaram apoio ao deputado federal. ?É uma grande perda para todos nós. O PSDB, Pernambuco e o Brasil vão sentir sua falta?, escreveu Daniel. ?Um grande líder do PSDB que dirigiu o partido e o conduziu de forma exemplar?, afirmou Terezinha.

Fonte: G1