Apartamento da filha do presidente Lula é invadido em Florianópolis

Lurian estava em casa sozinha, mas não se encontrou com os bandidos.

Foi invadido na noite de sexta-feira (2) o apartamento de Lurian Silva, filha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Florianópolis, informou neste domingo (4) a Polícia Militar.

Na invasão ao imóvel, foram roubados um notebook, um console de videogame e outros objetos pessoais pequenos.

A notícia foi divulgada neste domingo pelo blog Visor, do jornal "Diário Catarinense", e confirmada pela Polícia Militar de Florianópolis ao G1.

Segundo a PM, não se sabe quantas pessoas participaram da invasão.

A Polícia Civil de Santa Catarina, responsável pela investigação, disse ao G1 que não divulgará qualquer detalhe sobre o roubo, por se tratar de uma investigação sigilosa.

De acordo com o blog Visor, o apartamento foi invadido por volta das 20h30 da sexta. Lurian, de acordo com a publicação, estava sozinha em casa fazendo exercícios e não percebeu o arrombamento.

Já de acordo com a Polícia Militar, que chegou ao local da ocorrência quando a Polícia Civil já cuidava do caso, por volta das 23h, Lurian teria percebido a invasão e trancou-se no quarto. "Ela ouviu barulhos e se trancou no quarto", afirmou o Capitão Lázaro, do centro de emergência da PM, ao G1.

Os dois netos do presidente, de 5 e 12 anos, não se encontravam no apartamento, porque tinham viajado para São Paulo por conta do feriado da Semana Santa

Segundo o blog, o apartamento de Lurian fica no bairro Itaguaçu, região continental de Florianópolis.

No sábado à tarde, técnicos do Instituto Geral de Perícia da Polícia Civil estiveram no local para colher pistas, segundo o blog.

Fonte: g1, www.g1.com.br