PV não subirá no palanque de Serra em Teresina, diz Teresa Britto

"Os membros do partido irão votar para presidente na maneira que quiserem"", afirmou a vereadora

A vereadora Teresa Britto(PV) em entrevista ao meionorte.com na tarde desta segunda-feira(18), enfatizou a decisão do partido a nível nacional e estadual no segundo turno das eleições. A neutralidade decidida nacionalmente teve como principal motivo a não aceitação da análise programática apresentada pelo partido aos candidatos Dilma e Serra. Segundo ela, os projetos apresentados tinham como prinicpal objetivo respeitar as questões ambientais e sobre a segurança pública.

" Apoiamos Marina Silva e não nos envergonhamos. Marina é uma mulher de superação, personalidade, ética e vai continuar contribuindo com o país", disse ela.

Sobre o apoio do PV no âmbito estadual ao candidato Sílvio Mendes, Teresa declarou que foi colocada a discussão dos projetos e o candidato tucano se interessou pelo projeto em sua totalidade. "Os membros do PV irão votar para presidente na maneira que quiserem, mas apesar do apoio a Silvio Mendes, não subiremos no palanque de Serra aqui em Teresina", acrescentou.

Teresa Britto afirmou que foi uma aliança programada sem acordos políticos e que os dirigentes que não votarem na aliança estadual com o PSDB, perderão as direções e o poder de decisão no partido, mas continuarão filiados.

FOTOS: HÉLVIO MENESES





Fonte: Marcos Moraes