Após 13 anos, governo lança um plano contra vazamentos de petróleo no mar

O anúncio foi feito pelos ministros Edison Lobão, Minas e Energia, e Izabella Teixeira, Meio Ambiente.

O governo lançou nesta terça-feira (22) o Plano Nacional de Contingência (PNC) contra vazamentos de petróleo em alto-mar, após treze anos de discussões.

O projeto que será responsável pelo monitoramento, pela prevenção e pela ação em todo acidente com óleo em alto-mar estava previsto em lei desde o ano 2000.

O anúncio foi feito pelos ministros Edison Lobão, Minas e Energia, e Izabella Teixeira, Meio Ambiente.

Ontem, o consórcio formado pela Petrobras, a anglo-holandesa Shell, a francesa Total, e as estatais chinesas CNPC e CNOOC foi o único a fazer uma oferta e venceu o leilão do campo de Libra, no pré-sal, o maior campo de petróleo já descoberto no Brasil.

Estimativas apontam que em dez anos a produção de petróleo brasileira em alto-mar deve mais que dobrar, passando de 2 milhões de barris para 3,4 milhões de barris de petróleo por dia.

Fonte: UOL