Após atentado, deputado quer chips em armas de fogo

O deputado federal Duarte Nogueira (PSDB-SP) apresentou nesta terça-feira um projeto de lei

O deputado federal Duarte Nogueira (PSDB-SP) apresentou nesta terça-feira um projeto de lei que propõe a implantação de chips em armas de fogo com informações sobre a fabricação e o dono da mesma. O deputado vai propor que a matéria tramite em urgência na Casa. A proposta veio após a tragédia na escola municipal Tasso da Silveira, no Rio de Janeiro, onde Wellington Menezes atirou contra alunos e professores, matou 12 crianças e feriu outras 12.

De acordo com a iniciativa, o chip não traria prejuízo às demais identificações obrigatórias, como o número de série. Com o dispositivo, a arma poderia ser rastreada tão logo o dono denunciasse roubo, furto ou sumiço. A proposta também amplia a necessidade de implantação de chip para armas de uso oficial, nas Forças Armadas e polícias.

Segundo o parlamentar, a tecnologia já existe e pode ser melhorada por universidades ou institutos de pesquisa, além de ser oferecida aos fabricantes de armas e órgãos públicos para a criação de um banco de dados com as informações de todas as armas cadastradas no País.

Fonte: Terra, www.terra.com.br