Após Datena, PP acerta entrada de Thammy Miranda em São Paulo

Thammy deve presidir o núcleo LGBT do PP em São Paulo

Cerca de dois meses após fechar com o apresentador José Luiz Datena, o diretório paulista do Partido Progressista (PP) acertou a entrada do ator Thammy Miranda, filho da cantora Gretchen.

Image title

“Agora o negócio vai ficar sério. Não adianta só reclamar e não fazer po...nenhuma. Vim aqui brigar por nós e esses caras sensacionais me escutaram. Pedi para ter o novo PP Diversidade, e eles me ouviram. Muito obrigado por lutar junto comigo”, escreveu.

Na foto, Thammy posou ao lado do presidente estadual do PP, deputado federal Guilherme Mussi, e do deputado estadual Delegado Olim – apontado como vice de Datena na pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo. Os dois lideram um movimento para renovar a legenda, afastando-a da figura do ex-presidente do partido, o deputado federal Paulo Maluf.

Thammy deve presidir o núcleo LGBT do PP em São Paulo. Há ainda a possibilidade do ator, que completa nesta quinta-feira (3) 33 anos, sair candidato à vereador em 2016. “Estou vendo ainda. Preciso ver se vou ter liberdade de lutar pelas pessoas do jeito que eu quero”, disse.

Thammy destacou já ter algumas propostas, caso busque uma vaga na Câmara Municipal da capital paulista. “Acho que uma das coisas que precisam mudar na questão da diversidade é a viabilização para que trans façam a mudança de nome. É importante também reorganizar a fila de cirurgia da mastectomia. Ter estrutura para os psicólogos no SUS. Segurança para essas pessoas. Muitas coisas importantes”, completou.

Além de Maluf, o PP possui alguns outros nomes 'incômodos' para a comunidade LGBT, como o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) - este um grande crítico de leis em favor da diversidade no Congresso Nacional.


Fonte: Com informações do R7