Após estrear em Davos, Dilma Rousseff faz escala em Lisboa

Após estrear em Davos, Dilma Rousseff faz escala em Lisboa

Antes de seguir para Cuba, comitiva presidencial fez escala em Portugal.

Após estrear no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, a presidente Dilma Rousseff reservou o último sábado (25) para descansar em Lisboa antes de seguir viagem para Cuba, onde realiza visita oficial segunda (27) e terça-feira (28). A hospedagem em Portugal não estava prevista na agenda oficial divulgada pela assessoria da Presidência da República na última sexta (24).

Na tarde deste domingo (26), depois de a passagem da presidente por Lisboa ter sido noticiada por veículos de imprensa brasileiros, o Palácio do Planalto divulgou uma alteração da agenda presidencial, incluindo a estadia em Portugal no roteiro.

Segundo a agenda, Dilma desembarcou na capital portuguesa no sábado, às 17h30 (horário local). A assessoria também informou que a presidente deixou Portugal às 9h deste domingo, em direção a Cuba.

A escala da comitiva presidencial em Lisboa, informou o Palácio do Planalto, foi necessária por motivos técnicos. De acordo com assessores, o avião da Presidência não teria autonomia para voar sem escalas da Suíça para Cuba.

Reportagem deste domingo do jornal ?O Estado de S. Paulo? afirma que Dilma e a comitiva de assessores que a acompanham na viagem à ilha caribenha se hospedaram em ?hotéis de luxo? em Lisboa. A publicação afirmou que a comitiva presidencial ocupou 45 quartos de dois dos hotéis mais caros da capital de Portugal.

Ainda de acordo com o jornal, a suíte em que Dilma se hospedou no hotel Ritz custaria 8 mil euros por dia (equivalentes a cerca de R$ 26 mil). O G1 procurou o Palácio do Planalto, mas a assessoria disse não ter conhecimento do local no qual a presidente e seus assessores haviam se hospedado.

Na noite deste sábado, segundo informações do Estadão, Dilma jantou com o embaixador do Brasil em Portugal, Mário Vilalva, e a ministra da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, em um elegante restaurante lisboeta.

Conforme assessores do governo federal, a comitiva presidencial deve desembarcar na ilha governada por Raúl Castro neste domingo. Nesta segunda, a chefe do Executivo brasileiro irá inaugurar, ao lado do colega cubano, a primeira fase do Porto de Mariel, obra financiada pelo BNDES.

No dia seguinte, Dilma participará, em Havana, da 2ª Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac). O evento internacional terá como tema a luta contra a fome, a pobreza e as desigualdades na região.

Fonte: G1