Após infarto, José Alencar permanece na UTI

Não há previsão para divulgação de novo boletim médico

O vice-presidente José Alencar continua internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Cardiológica do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (12). Ele sofreu um infarto do miocárdio por volta das 18h desta quinta-feira (11), mas passa bem.

Boletim médico divulgado às 22h de ontem pelo hospital Sírio Libanês, onde Alencar está internado desde o último dia 25 de outubro, afirma que o vice-presidente passou mal e foi diagnosticado com um infarto do miocárdio. Não há previsão para divulgação de novo boletim.

Após se sentir mal, o vice-presidente passou por um cateterismo, mas tem estado de saúde estável do ponto de vista cardíaco.

O vice-presidente foi internado no dia 25 de outubro, quando teve início o atual ciclo de tratamento, com sessões de quimioterapia. Há 13 anos, José Alencar luta contra o câncer na região do abdome. Ele já passou por mais de 15 cirurgias. Esta é a segunda vez no ano que o vice-presidente é internado para tratar do mesmo problema.

O oncologista Paulo Hoff, membro da equipe médica que acompanha a saúde de José Alencar, afirmou na noite desta quinta-feira (11) ao R7 que o infarto sofrido pelo vice-presidente da República teve como um de seus agravantes o histórico de problemas no coração.

- Ele tem um histórico de cardiopatia. Colocou um stents há poucos meses [ele já colocou dois stents].

Em julho do ano passado, ele acabou sendo obrigado a passar por duas cirurgias para a desobstrução do intestino. Naquela época, no entanto, os médicos constataram a presença de vários tumores na região, que prejudicavam o funcionamento normal do sistema digestivo.

No dia 29 de outubro, dois dias antes do segundo turno da eleição presidencial, Lula fez uma visita surpresa a Alencar. O Planalto divulgou a foto do presidente ao lado do vice.

Fonte: R7, www.r7.com