Associação Piauiense de Municípios alerta sobre atuação correta

Associação Piauiense de Municípios alerta sobre atuação correta

O calendário das eleições municipais já foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para evitar futuras cassações a Associação Piauiense de Municípios (APPM), já está preparando gestores e funcionários para atuarem sem irregularidades durante o pleito. O calendário das eleições municipais já foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a APPM, como órgão que representa os gestores municipais, articula estratégias pedagógicas para evitar transtornos na entidade.

?É preciso que o servidor tenha postura, não exerça parcialidade e aja com cuidado para não desprezar o pré-candidato que poderá a vir ser um membro da casa e nem o atual mandatário. O foco principal da instituição deve ser atender o associado que está no mandato, e apesar da proximidade das eleições é preciso que funcionários e comissionários da APPM sejam imparciais e respeitem a legislação?, explicou o diretor Administrativo da APPM, Valdemar Santos.

O diretor também falou que é importante que os funcionários da Associação em alguns casos mantenham sigilo sobre serviços e informações que são privativos do atual gestor. ?Os serviços da casa são designados aos associados em exercício, desde a ambulância para transportar um doente até as informações específicas como FPM, ICMS e processos de tramitação de projetos que são direcionados somente a quem está no exercício?, alertou.

Quase todos os municípios piauienses são associados à APPM e têm recebido orientações de como proceder durante as eleições para evitar futuras cassações. Valdemar lamenta as cassações dos últimos quatro anos. ?Os candidatos devem ver as cassações como fatos pedagógicos e observar com rigor a legislação, cumprindo prazos como o afastamento de cargos de comissão, de cargos de função pública, registro de candidatura, prazo para entrada de recursos?, concluiu Valdemar.

Fonte: Gisele Alves