Arrecadação do PI deve aumentar 25%

A tendência, segundo o secretário estadual de Fazenda, Antônio Silvano Alencar, é que a arrecadação cresça até 25%

A arrecadação própria do Estado aumentou R$ 89 milhões no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Entre janeiro e março de 2010 o Piauí conseguiu arrecadar R$ 484 milhões, enquanto em 2009 esse valor foi de R$ 395 milhões. A tendência, segundo o secretário estadual de Fazenda, Antônio Silvano Alencar, é que a arrecadação cresça até 25% em relação ao ano passado.

?Estamos programando ações fiscais mais intensas nos próximos meses para manter esse caminho. A arrecadação pode chegar a crescer 25% nesse ritmo?, explicou Silvano. A meta de reduzir R$ 2 milhões por mês com o custeio da máquina administrativa estadual é avaliada positivamente pelo secretário, que aposta em um corte de gastos ainda maior.

?Os gestores já incorporaram as atitudes que precisam tomar para economizar e em conjunto essas reduções devem certamente ultrapassar a meta inicial de R$ 2 milhões?, ressalta Alencar. Em março a arrecadação do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) no Piauí foi de R$ 150 milhões. Já em 2009, no mesmo período, o ICMS conseguiu atingir R$ 120 milhões.

Apesar dos crescentes índices econômicos no Estado a cautela deverá ser mantida, já que os repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE) estagnaram, alcançando um crescimento de 0,39 % em 2010 em comparação com o ano passado. As quedas em janeiro, totalizaram R$ 20 milhões. Em fevereiro houve uma reação, com um crescimento de R$ 16 milhões, e em março um aumento de R$ 4 milhões. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte