Arruda passa por cateterismo em hospital

Arruda passa por cateterismo em hospital

Arruda chegou por volta das 7 horas no hospital acompanhado de agentes da Polícia Federal

A assessoria do Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (Incor-DF) informou nesta quinta-feira (18) que o governador cassado do DF, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), já concluiu o catererismo no coração pela manhã. Contudo, o Incor-DF não informa os resultados do procedimento.

Arruda chegou por volta das 7 horas no hospital acompanhado de agentes da Polícia Federal. Flávia Arruda, sua esposa, também foi ao Incor pela manhã. O exame foi pedido pelo médico particular do governador, Brasil Caiado, depois que uma tomografia detectou a obstrução parcial de uma das artérias do coração de Arruda. Caiado esteve no Incor-DF pela manhã.

"O problema é que o exame que nós solicitamos e foi feito ontem, que foi uma tomografia das coronárias, mostrou uma placa de gordura numa artéria chamada descendente anterior. É uma placa estimada, porque é um exame por imagem, em 50% de obstrução. A artéria descendente anterior é uma artéria principal do coração", contou Caiado.

A assessoria do Incor-DF informou também que Arruda ainda passa por novos exames, mas não detalhou quais estão sendo feitos.

Por conta desse problema, a defesa de Arruda chegou a pedir ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) que transfira o governador da sede da Polícia Federal, onde está preso desde 11 de fevereiro, para uma prisão domiciliar.

Arruda foi preso após ser acusado de tentar subornar uma testemunha da operação Caixa de Pandora para que ela modificasse o depoimento junto à PF.

Fonte: g1, www.g1.com.br