Assembleia Legislativa do Piauí adia discussão sobre reforma administrativa

Inicialmente marcada para a manhã desta quarta-feira (15), a Audiência Pública sobre o projeto de Reforma Administrativa, que aconteceria na Assembleia Legislativa, foi adiada para o próximo dia 28

Inicialmente marcada para a manhã desta quarta-feira (15), a Audiência Pública sobre o projeto de Reforma Administrativa, que aconteceria na Assembleia Legislativa, foi adiada para o próximo dia 28 de abril, às 9 horas. A iniciativa de autoria do deputado estadual Evaldo Gomes (PTC) buscava sanar possíveis dúvidas e questionamentos dos parlamentares quanto a proposição, sendo convidados a participar do debate o secretário de Administração, Franzé Silva, o diretor geral do Iapep, Marcos Steiner, a procuradora geral de Justiça, Zélia Saraiva, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção do Piauí (OAB-PI), William Guimarães, e o presidente do Sindicato dos Previdenciários Estaduais do Piauí (Sinpepi), Sebastião Medeiros.

O pedido de adiamento foi feito pelo líder da oposição na Casa, o deputado Robert Rios (PDT), sob a alegação de que os parlamentares ainda não tinham tido acesso ao projeto completo. Cabe ressaltar que a proposição foi entregue ao Poder na última semana. O deputado Evaldo Gomes (PTC), autor do requerimento convocando a audiência, concordou com o adiamento, sugerindo que a Mesa se certificasse do encaminhamento dos ofícios informando do adiamento e reforçando o convite às autoridades para participarem do debate.

Devido à viagem de Themístocles Filho (PMDB) à Brasília, a sessão ordinária foi presidida pelo deputado estadual Edson Melo (PSD), que na ocasião, pediu que fossem apontados pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), os relatores de cada proposta, de modo que possibilitasse a legitimidade e ampliação da discussão

 

Fonte: Francy Teixeira