Assembleia Legislativa faz debate no combate contra o racismo

Visa fortalecer a igualdade racial, angariando a união dos esforços

Dotado de grande simbolismo, o Dia Estadual da Consciência Negra e o Combate ao Racismo foi laureado com sessão solene na manhã de ontem na Assembleia Legislativa; a ação proposta pelo deputado estadual Aluísio Martins (PT) contou com a participação de entes de 14 entidades e organizações ligadas à luta contra o preconceito, em tal imposição, as discussões contemplaram a consecução de políticas públicas que sejam capazes de fortalecer a igualdade racial, angariando a união dos esforços dos Poderes.

A solenidade contou com a participação do secretário de Justiça, Daniel Oliveira, tal como representantes da Câmara Municipal de Teresina e dos demais órgãos, contemplando o pedido para que haja uma mudança cultural, de modo que nenhum ato de discriminação seja aceito. “Criar uma lei de promoção da igualdade racial é fácil, difícil é mudar uma mentalidade cultural”, disse o parlamentar proponente. Martins também conduziu para um trabalho que vai além da legislação já vigente. “É preciso cada vez mais políticas de Estado para combater essa praga do racismo em nossa sociedade”, detalhou.

CONSELHO – Absorvendo essa luta, o Conselho da Igualdade Racial ligado ao Poder Executivo, já iniciou as discussões em torno de ações de combate à discriminação; a primeira reunião do grupo se deu na última semana, nesse processo foram expostos os principais pleitos a serem defendidos na gestão. “Esta união e o apoio do governador Wellington Dias devem nos abrir muitas portas e derrubar algumas barreiras. Pretendemos desenvolver uma política séria que construa bases sólidas para a igualdade racial em nosso Estado, representar todos os movimentos negros do Piauí, garantir que nossas reivindicações sejam atendidas”, indicou o coordenador Francisco Sousa.

Fonte: Francy Teixeira