Assessor de Aécio nega Chapa PSDB pura para 2010

Rodrigo Castro diz

O deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG), secretário nacional do partido e interlocutor próximo do governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), considerou "não ter o menor cabimento" a notícia do acordo entre o governador mineiro e o paulista, José Serra (PSDB), para a composição de um chapa tucana à Presidência da República.

Segundo o colunista da Folha Online Kennedy Alencar, Serra e Aécio fecharam um acordo, articulado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, para que o mineiro seja o vice da chapa do paulista em 2010. Até o momento, os dois disputam a cabeça da chapa do PSDB.

"Isso não tem o menor cabimento, o governador Aécio Neves está muito firme na disposição dele de colocar a sua candidatura à presidência para o partido e, inclusive, tem cada vez mais intensificado suas ações nesse sentido. Eu estive com ele na sexta-feira (15) e a nossa conversa girou em torno dos planos para a disputa das prévias, enfim, para colocar o nome dele como candidato", afirmou Castro, que também coordena a comissão que vai formatar as prévias dentro da sigla tucana.

Também neste domingo, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), afirmou que as discussões em torno das prévias estão mantidas, embora não tenha fechado a possibilidade de um acordo futuro entre os dois pré-candidatos. "Se não tiver acordo, em janeiro ou em fevereiro [de 2010] tem prévias. Mas ainda não há nenhuma composição desse tipo", afirmou o senador à Folha Online.

Segundo Castro, Aécio apresenta "total disposição" de alavancar o nome e vai intensificar as viagens pelo país para tentar emplacar sua candidatura no nicho tucano. Para tanto, de acordo com o deputado mineiro, adotou uma postura para lhe dar uma visibilidade mais abrangente.

"O governador Aécio Neves já começou a apresentar um discurso para o Brasil, um discurso mais político, que vai mais nesse sentido, de levar o nome dele tanto para o partido como para a população", frisou.

Aécio Neves tem percorrido algumas cidades brasileiras em eventos patrocinados pelo PSDB. De acordo com Rodrigo de Castro, a próxima viagem de Aécio deverá ser no dia 5 de junho, em um encontro do PSDB no Paraná que tratará do agronegócio. Em todas as viagens consideradas de cunho partidário, o governador José Serra também tem sido convidado, segundo Castro.

A assessoria de Aécio Neves informou que ele tem agenda particular neste fim de semana e não soube precisar se ele iria se pronunciar sobre o assunto no dia de hoje.

Prévias

Sobre as prévias tucanas, o deputado Rodrigo de Castro disse que vai apresentar nesta semana uma proposta concluída para apreciação da Executiva do partido. Se aprovada, segundo Castro, as prévias seriam implantadas dentro da sigla em dezembro deste ano ou em fevereiro de 2010.

"Nós devemos agora fazer um recadastramento partidário. Nós temos mais de um milhão e cem mil filiados. Esse recadastramento servirá para que tenhamos um controle exato de que são realmente os filiados para vermos com quantos poderemos contar", explicou.

Fonte: AE